Blog Ely Morais A notícia como ela é!

Risco sanitário: Mamíferos selvagens vivos não devem ser vendidos em mercados, pede OMS

Foto: Reprodução/Instagram

Mamíferos selvagens vivos não devem mais ser vendidos em mercados de alimentos ao redor do mundo. A recomendação foi feita nesta terça-feira (13), pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e outras organizações internacionais. O motivo é o risco de transmissão de novas doenças infecciosas para os seres humanos.

Segundo informações do G1, o relatório feito por especialistas que foram à China investigar a origem do novo coronavírus, causador da Covid-19, indica que um mercado em Wuhan, cidade onde tudo começou, parece ter sido um dos focos iniciais da pandemia.

“Os animais, em particular os animais selvagens, são a fonte de mais de 70% de todas as novas enfermidades infecciosas nos humanos, muitas delas provocadas por novos vírus”, destacam em um comunicado a OMS, a Organização Mundial da Saúde Animal (OIE) e o Programa da ONU para o Meio Ambiente (UNEP, na sigla em inglês).

No mundo, quase 3 milhões de mortes já foram causadas pela Covid-19. Os dois países com mais óbitos são Estados Unidos e Brasil. Eles concentram 31% das vítimas.

Outro ponto destacado pelas organizações internacionais é a necessidade de melhora nas normas de higiene e saneamento nos mercados tradicionais. As entidades solicitam que haja um treinamento de inspetores veterinários para aplicar as novas normas, e pedem o reforço dos sistemas de vigilância sanitária. Do BN


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também